Monthly Archives: April 2013

Graçolas de ocasião

Lê se a lista dos candidatos anunciados por Menezes às juntas do Porto e não se percebe se não terá sido enviada às redacções, por engano, uma primeira versão dos participantes no Big Brother VIP.

Posted in Humorzinho, Porto, Portugal | Tagged | 12 Comments

Despachados

Os politécnicos paralisados. A ASAE paralisada. O país fechado. O caos lançado. A vingança consumada. Felizmente esse tempo terminou.

Posted in estadinho, governo, Humorzinho, Portugal | 2 Comments

Declaração de voto – 1976

Descubro com surpresa, nos últimos dias, que muitas pessoas desconhecem que em 1976 os deputados do CDS votaram contra a Constituição da República Portuguesa (e já o disse que acredito que se o mesmo texto fosse votado hoje, teria mais … Continue reading

Posted in Constituição, Portugal | Leave a comment

Ameaças

“Cavaco devia lembrar-se da história do século xx. Por muito menos que isto foi morto o rei D. Carlos” Caro leitor, eu nem vou dignar esta frase com o seu autor. Adivinhe, google, ou compre o i amanhã. Mas o país, … Continue reading

Posted in Portugal | 30 Comments

Lições dos últimos dias

Querer mudar a Constituição é, em Portugal: *Querer ser autor  duma nova Constituição *Ser um facho ultramontano *Ser contra os cidadãos(!) Ideias e ratio, muito pouco. Portugal reage mal ao debate constitucional, o que não deixa de  ser curioso, dado … Continue reading

Posted in Constituição, Portugal | 11 Comments

Margaret Thatcher

A Dama de Ferro inspirou e inspira políticos e cidadãos em todo o mundo e foi uma figura incontornável para quem se situa no campo dos defensores da liberdade. Aliada às fortes convicções juntava uma capacidade comunicacional muito british e … Continue reading

Posted in Parlamento | Tagged , | 6 Comments

Ainda o “conflito”

Já só depois de ter escrito este post li este texto da Helena Matos. É bastante mais duro que o meu, mas vale a pena ler.

Posted in Constituição | Tagged | Leave a comment

Conflito geracional

O problema com a nossa Constituição, para lá de ser longa, ideologicamente marcada e confusa, é sobretudo o de não garantir os direitos dos mais indefesos da acção do estado: os que (ainda) não votam. E os dias que correm não … Continue reading

Posted in Constituição, estadinho, governo, Parlamento | Tagged , , | 36 Comments