Da memória

A 25 de Novembro de 1975, Mário Soares não jantou em casa. Nem sequer em Lisboa. Temendo pela vida, cito o site do Partido Socialista, foi com colegas da Comissão Permanente do PS pedir protecção ao brigadeiro Pires Veloso. (…)

O resto aqui, hoje no Expresso Online.

This entry was posted in À beira-mar plantado, História, Portugal, PS and tagged , , , , . Bookmark the permalink.