Mal que pergunte…

Isto conjugado com a redução nos horários de trabalho na função pública (porque a igualdade constitucional entre público-privado é só quando convém, pá!) e a reposição salarial significa que os hospitais vão ter de cortar nos orçamentos?

 

(Isto para não dizer que manter os orçamentos na saúde deve ser neo-liberal ou assim)

This entry was posted in governo, Portugal, PS and tagged , , , . Bookmark the permalink.